Notícias

Aniversário de 308 anos da Câmara de Mariana é comemorado com entrega de honrarias

Sessões Solenes
147
34
A vereadora Daniely Alves (PR) discursa em nome do legislativo.

Uma noite de comoção e valorização das trajetórias de vida e profissionais. Estes foram os marcos da noite de ontem, 04, no Cine Teatro Municipal. Na data, a Câmara Municipal de Mariana comemorou 308 anos de sua fundação e, como tradicionalmente acontece, concedeu Títulos de Cidadania Honorária, Mérito Legislativo e outorgou a Menção Honrosa Capitão-Mor Pedro Frazão de Brito.

Ao todo foram conferidos trinta e dois diplomas. Os nomes dos agraciados foram indicados pelos vereadores, representantes da vontade popular, em reconhecimento ao que os cidadãos desenvolvem em prol do município. O presidente da Câmara Municipal de Mariana, vereador Edson Agostinho de Castro Carneiro (Cidadania), destacou a importância da data para o município. “Reconhecer as pessoas que ajudam a construir a história de Mariana é uma honra para o legislativo”, destacou o chefe da Casa.

Em 1711, por determinação da Coroa Portuguesa, foi instalada na Vila de Nossa Senhora do Carmo, a primeira Casa de Câmara, ano em que ocorreu a primeira eleição livre na Capitania das Minas de Ouro. O início desta história é que marca a importância da data comemorativa. A vice-presidente da Câmara, a vereadora Daniely Cristina Souza Alves (PR), foi a oradora em nome de todos os edis e resgatou a trajetória da Casa de Leis. “O peso e importância deste momento nos fazem refletir sobre nossa relevância na história de Mariana. Todos os homenageados contribuíram e contribuem, de alguma forma, para elevar o nome de nossa cidade através de seus trabalhos e histórias de vidas”, ressaltou Daniely.

A Comenda Capitão-Mor Pedro Frazão de Brito, instituída pelo Projeto de Lei nº 90, de 28 de setembro de 2015, foi entregue ao ex-vereador Sebastião Evangelista Fernandes, representado na cerimônia por sua filha, Atylana Fernandes. Sebastião foi presidente da Câmara de Mariana e relator do Projeto de Lei Municipal que instituiu a medalha do Dia de Minas, participou da elaboração da Lei Orgânica do Município e foi um dos autores que deu a denominação à Praça Minas Gerais.

Os títulos de Cidadania Honorária e de Medalha do Mérito Legislativo foram entregues pelos vereadores que indicaram seus homenageados. Douglas San’Anna da Cunha recebeu o título de Cidadania Honorária e agradeceu o recebimento da honraria. “Pra mim, ele (o título) tem uma importância maior do que muitas pessoas esperam. Não é só um titulo, é uma certificação de um amor que foi construído através de uma situação de dificuldade (o rompimento da Barragem de Fundão – 2015) que esperávamos ser momentânea. Mas aquele laço tornou-se tão grande que não me fez um profissional que veio auxiliar, mas parte dessa terra”, destacou o agora Cidadão Honorário de Mariana. Letícia A chefe do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Mariana, Aparecida de Matos Oliveira, recebeu o Mérito Legislativo e durante seu discurso em nome dos homenageados reconheceu a importância da honraria. “Este é o reconhecimento de uma dedicação diária em prol de Mariana, de sua preservação e da história de todos”, garantiu Letícia.

Confira a lista completa dos agraciados.

 

Comentários