Notícias

Comissões checam as condições das escolas de Cláudio Manoel, Campinas e Águas Claras

Visita Técnica
379
3

Semanalmente, os vereadores da Comissão de Educação e da Comissão de Obras da Câmara de Mariana percorrem escolas e creches para identificarem as demandas de cada uma delas. Na última sexta-feira, dia 20 de agosto, os parlamentares foram às escolas da comunidade de Campinas e dos distritos Cláudio Manoel e Águas Claras.

O presidente da Comissão de Educação, Maurício Silva “Maurício da Saúde” (AVANTE), e o presidente da Comissão de Obras, Edson Agostinho “Leitão” (CIDADANIA), acompanhados pelos vereadores Ricardo Miranda (REPUBLICANOS) e Ediraldo Ramos “Pinico” (AVANTE) iniciaram a visita técnica na Escola Municipal Padre Antônio Gabriel de Carvalho, localizada em Cláudio Manoel. Os parlamentares foram recebidos pela diretora Adriana Gomes. Eles constataram a necessidade da reparação de trincas e a construção de muro de arrimo, serviços previstos no Plano da Educação e que serão contemplados durante a reforma da escola. De acordo com a diretora, a unidade possui cerca de 80 alunos e, entre eles, 6 são da Educação Infantil.

Durante a visita técnica, o presidente da Comissão de Obras, Edson Agostinho, sugeriu que a quadra esportiva que atende a escola seja contemplada pela reforma. O vereador Maurício defendeu que, além da reforma, a quadra precisa ser coberta. As comissões puderam observar que o vestiário precisa ser cercado para não sofrer depredação.

Em seguida, os vereadores foram à Escola Municipal de Campinas. A diretora Renata Diório apresentou toda a unidade de ensino. Segundo ela, a escola atende a 13 alunos, sendo um aluno da Educação Infantil. A unidade demanda por reparos hidráulicos. "Para o retorno das aulas, será necessário mexer em todos os banheiros, todas as válvulas e todos os sifões da pia", destacou a diretora. As comissões constataram que a manutenção hidráulica consta na planilha do Plano da Educação. "A Comissão de Obras e a de Educação vão solicitar ao Executivo que mantenha uma equipe de manutenção disponível para a Secretaria de Educação", apontou o vereador Maurício ao verificar que há demandas simples que podem ser resolvidas a curto prazo.

A visita técnica foi concluída em Águas Claras, na Escola Municipal Professora Celina Célia Gomes. A comissão foi inicialmente guiada pela servente escolar Maria de Lourdes, até que a diretora Renata Diório chegasse ao local. Maria de Lourdes informou que a escola possui cerca de 130 alunos, sendo 18 do Ensino Infantil, e que o prédio é coabitado pela Escola Estadual Cônego Braga, que mantém a sua unidade principal em Monsenhor Horta. A primeira demanda apresentada foi a infiltração no teto da cozinha. "O problema principal da escola é o telhado, que é antigo e quando chove molha todas as salas", destacou Maria de Lourdes. Os vereadores constataram que a intervenção no telhado consta na descrição dos serviços que serão realizados na escola e aparece como primeiro item da planilha. A reforma será realizada com recursos da Fundação Renova. Os vereadores identificaram que não há acessibilidade no prédio e a servente escolar informou que "de acordo com o planejamento feito pela Fundação Renova, eles acharam melhor tirar a escada de dentro da escola e substituí-la por uma rampa". De acordo com ela, a rampa será erguida na parte externa do prédio.

O vereador Edson Agostinho questionou a diretora Renata Diório se ela participou da elaboração do projeto desenvolvido pela Fundação Renova. A diretora informou que a equipe da Fundação Renova foi à escola no início do ano e ela pôde contribuir com as informações sobre as demandas da unidade, "inclusive a questão de grades nas janelas", destacou.

Na próxima sexta-feira, dia 27 de agosto, as comissões de Obras e de Educação da Câmara farão visita técnica na Escola Municipal Joaquim Emílio Baptista, na localidade de Goiabeiras, e na Escola Municipal de Furquim.
Comentários
Fotos