Notícias

Câmara homenageia marianenses que são motivo de orgulho além das fronteiras da terra natal

Sessões Solenes
55
17
Homenageados da noite.

A noite do último sábado, 21, foi marcada por emoção e reconhecimento. Aconteceu, no Cine Teatro Municipal, a cerimônia de outorga da Menção Honrosa Doutor Gomes Freire de Andrade, conhecida também como “Marianense Ausente”. A honraria é concedida a cidadãos da primaz de Minas Gerais que, através do seu trabalho e história, se destacam além das fronteiras do município.

O vereador José Jarbas Ramos Filho, o “Zezé de Nêgo” (PTB), foi o orador da noite representando o Legislativo Marianense. O parlamentar fez questão de ressaltar o período de instabilidade e insegurança que a cidade tem passado, principalmente pelos efeitos do rompimento da Barragem de Fundão, em 2015. Mas, segundo o edil, a força de seu povo e sua competência têm sido ferramentas fundamentais para que Mariana siga em frente. “Temos em nossa história a marca de um povo batalhador que carrega as marcas e a honra do nome de Mariana. Graças a este povo e a força de pessoas de bem, que lutam em suas áreas pela evolução de nossa cidade, vamos superar, cada vez mais, este período de grande desafio”, destacou o vereador.

Ao todo, foram condecorados quinze marianenses, que tiveram seus nomes indicados pelos vereadores patronos. Os nomes foram aprovados e referendados pelo plenário da Câmara Municipal. Raquel Quirino, uma das homenageadas, proferiu o discurso em nome de todos os agraciados. A especialista em educação destacou a importância da manutenção das raízes em Mariana. “Precisamos valorizar nossa cultura, arte, tradição, educação. Porque se hoje nós estamos dando frutos em outras paradas, para além dos muros de Mariana, é porque nossas raízes estão bem fixadas aqui e bem alimentadas para que nós realmente produzamos esses frutos. E é uma grande honra para nós recebermos este prêmio”, finalizou Raquel.

O Cine Teatro Municipal foi tomado por familiares dos homenageados que fizeram questão de comparecer à cerimônia. Um justo reconhecimento aos anos de dedicação às mais diversas áreas de atuação. Mas em todos eles, um ponto foi comum, a saudade que carregam no peito por Mariana. O prefeito da cidade, Duarte Eustáquio Gonçalves Júnior, ressaltou a importância dessas pessoas para a história de Minas Gerais. “É com a força dessas pessoas, com o conhecimento e o trabalho que produzem, que nossa cidade, estado e país evoluem. Precisamos sempre lembrar e honrar nossas origens e vocês podem ter certeza de que são motivo de orgulho para nossa querida Mariana”, destacou o chefe do executivo.

Ainda durante a noite aconteceu a entrega do Título de Cidadania Honorária Especial – Edição 2019 ao desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, Jayme Silvestre Corrêa Camargo. O reconhecimento ao magistrado foi aprovado para receber a honraria no mês de julho, quando foram celebrados os 308 anos da Casa de Leis. “Possuo a Cidadania Honorária de muitas cidades por onde passei e, hoje, posso dizer orgulhoso que também sou Marianense, de título e de coração”, destacou o desembargador, que atualmente também atua como vice-corregedor geral do TJMG.

Fotos/Créditos: Ascom/CMM

Comentários