Notícias

Câmara busca solução para quedas de energia em Pedras e Vila Borba

Atividades da Câmara
121
5

Basta ligarem um equipamento de maior potência que os moradores e produtores agrícolas de Santo Antônio de Pedras e Vila Borba, subdistritos de Furquim, ficam sem energia. Diante disso e preocupado com os prejuízos gerados à comunidade, o vereador João Bosco Cerceau Ibrahim (PP) pediu providências para solucionar a situação.

Eu estou sempre presente nessas duas comunidades e constantemente elas reivindicam sobre esse problema, ressalta João Bosco. Atendendo ao Requerimento de nº 24/2019, de autoria do parlamentar, a Câmara recebeu o gerente de relacionamento da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Ricardo Gouveia Sampaio, no dia 09 de abril, para esclarecimentos. Depois dessa reunião, foi possível constatar que é um problema simples. As casas que têm motor elétrico e picadeiras vão precisar colocar um padrão de 220v. Vamos explicar para a comunidade sobre como fazer as melhorias para não acontecer esse problema mais, relata o vereador João Bosco.

A troca do padrão das residências que sofrem com o problema foi sugerida pelo representante da Cemig, já que, segundo ele, os transformadores que atendem as localidades não apresentam sobrecarga. Fizemos o levantamento dos transformadores que atendem essas comunidades e verificamos que eles não estão sobrecarregados. Pouco mais da metade da capacidade deles é o que está sendo exigido hoje”, pontua. “Diante dos problemas relatados, chegamos à conclusão que a mudança de tensão de fornecimento de 110v para 220v vai atender o pessoal. Vamos esperar que eles façam e comprovem a melhoria no funcionamento dos equipamentos. Tanto chuveiros como motores vão funcionar melhor, destaca Ricardo. Com a melhoria no funcionamento dos equipamentos os produtores agrícolas poderão verificar também o valor da conta de energia reduzido.

O morador da comunidade de Pedras, Marcílio Costa, e o morador de Vila Borba, Eugênio Evangelista Ramos, participaram da reunião. Eles serão os primeiros a providenciar a troca do padrão de seus imóveis para constatar a solução do problema.

O vereador João Bosco solicitou ao representante da Cemig o relatório do carregamento dos transformadores e o convidou a ir às comunidades após a experiência dos dois moradores para explicar tecnicamente a solução.